sábado, 16 de maio de 2015

Que pena...

Ontem faleceu o piloto italiano Renzo Zorzi, que infelizmente ficou marcado, indiretamente, pelo horrível acidente de Tom Pryce em Kyalami/77. Patrocinado pelo empresário italiano Franco Ambrosio, Zorzi entrou definitivamente na F1 em 1977 pela equipe Shadow, após alguns anos na F2 e duas corridas avulsas com o time de Frank Williams. Em Interlagos, sua quarta corrida na F1, Renzo Zorzi marcaria o seu único ponto na categoria, mas na prova seguinte o italiano teve um princípio de incêndio no seu Shadow e deixou o carro ao lado da pista, na reta dos boxes. Zorzi saiu do carro correndo, com medo do incêndio e viu, de perto, o terrível acidente em que um bombeiro faleceu atropelado pelo seu companheiro de equipe Tom Pryce, morto também quando foi atingido por um extintor de incêndio. Zorzi esteve perto de toda a movimentação que se sucedeu à tragédia, mas o italiano ainda fez mais duas corridas antes de Ambrosio destinar seu patrocínio à Riccardo Patrese. Renzo Zorzi correu alguns anos na F-Aurora, uma espécie de campeonato inglês de F1, até parar de correr, se tornando instrutor de pilotagem, em parceria com a Pirelli. Zorzi morreu aos 68 anos. 

Um comentário:

  1. Cara bem obscuro. Eu não tinha ideia de sua existência.

    ResponderExcluir